Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Ethereum

Bitcoin pode tornar-se uma ameça para o Dólar Americano no futuro

Imagem
Um dos principais decisores políticos dos EUA compartilhou observações sobre o Bitcoin , que são principalmente positivas, também não o descartou como uma potencial "ameaça" ao dólar americano, em uma entrevista com a CNBC na segunda-feira, 14 de maio. Falando com a CNBC nos bastidores da conferência Consensus 2018 em Nova Iorque na segunda-feira, o presidente do Banco de Reserva Federal de St. Louis, James Bullard, também notou os aspectos positivos da criptomoeda , em particular, a questão da redução de custos no comércio. Ele afirmou que a criptomoeda está “facilitando o comércio que não ocorreria caso contrário. Parte disso é ilegal, mas parte evita custos que, de outra forma, seriam envolvidos”. Perguntado se o Bitcoin é uma ameaça para o dólar americano, Bullard expressou incerteza sobre a concorrência potencial que a principal criptomoeda poderia representar, dizendo: "Eu não penso assim neste momento [...]. Nós não sabemos como vai ser o

Bitcoin será superado por Ethereum segundo Roger Ver

Imagem
Roger Ver diz que Ethereum vai superar o Bitcoin e depois será superado pelo Bitcoin Cash Roger Ver, também conhecido como o “Jesus do Bitcoin” e um dos maiores apoiadores do Bitcoin Cash, tem criticado o Bitcoin e afirmado constantemente que o Bitcoin Cash irá dominar o mercado. Recentemente, segundo artigo publicado pelo site de notícias The Independent , Ver diz que o Ethereum irá passar o Bitcoin e se tornará a principal criptomoeda do mercado, para, posteriormente, ser superado pelo Bitcoin Cash, tudo isso antes do final de 2020. Ver comentou que isso acontecerá pois o Bitcoin enfrenta inúmeros problemas com as transações lentas e as altas taxas. “O Bitcoin Cash é a mesma versão do Bitcoin que todo mundo se apaixonou e usou de 2009 até 2017”, disse ele. Porém nem todos os especialistas concordam com Ver. Michael Jackson, ex-diretor de operações do Skype e que agora trabalha na Mangrove Capital Partners, disse que o Bitcoin pode superar suas deficiências e, assim, compensa

MIT aparece com três maneiras de derrubar o Bitcoin

Imagem
A MIT Technology Review publicou um artigo hoje, 24 de abril, chamado "Vamos destruir o Bitcoin", detalhando três maneiras pelas quais a criptomoeda poderia ser "derrubada". A primeira opção, de acordo com o artigo, é um solapamento do Bitcoin pelo governo com a criação de uma moeda lastreada pelo Federal Reserve (Fedcoin): “O ano é dois-mil-e-tantos, e é o dia do pagamento dos impostos. Mas você não envia. Em vez disso, um algoritmo faz automaticamente uma retirada de sua carteira eletrônica, em uma moeda chamada Fedcoin”. Este novo blockchain já teria verificado instituições financeiras como os nós autorizados em vez de redes peer-to-peer, "basicamente, instituições confiáveis", disse Sahil Gupta, da Yale, ao MIT Technology Review. O artigo observa que o Banco do Canadá construiu uma simulação desse sistema no Ethereum (ETH) em 2016. A segunda opção é uma furtiva aquisição do Bitcoin pelo Facebook, que envolve a criação de uma c

Pesquisador afirma que Ethereum é mais descentralizado que o Bitcoin

Imagem
O Ethereum é mais descentralizado que o Bitcoin, esta é a afirmação do professor Emin Gün Sirer, especialista em criptomoedas e cientista da computação, de acordo com um estudo conduzido por ele na prestigiada universidade Cornell e que revelou que há mais nós da rede Ethereum sendo operados por indivíduos e não por empresas, do que no caso do Bitcoin e, segundo ele, isto é um aspecto essencial para demonstrar a descentralização do Ethereum. No entanto, apesar dos dados, existem muitas vozes na comunidade cripto que argumentam que devido ao papel de Vitalik Buterin como criador e principal desenvolvedor do Ethereum, o Bitcoin seria a única blockchain realmente descentralizada e sem um “dono”, embora os participantes do Bitcoin Core representem os “herdeiros” de Satoshi Nakamoto. Na conferência em que apresentou os dados, Sirer também observou que as tecnologias baseadas em hardware, como a Intel SGX, podem ajudar blockchains públicas como Bitcoin e Ethereum a liquidar milhares de t

Publicidade