Clube Atlético Mineiro lança moeda digital: GaloCoin



O Clube Atlético Mineiro apresenta sua moeda digital: GaloCoin, que trará maior integração entre Clube, torcedores e parceiros, com benefícios para todos. Através dela, o Atleticano navegará pelo marketplace desenvolvido especialmente para o Galo, com acesso a vantagens especiais, experiências e descontos em produtos e serviços.

Representando um novo modelo de negócios, inovador e seguro, a GaloCoin integra uma plataforma integrada de e-commerce em marketplace. Utilizando a GaloCoin para adquirir produtos e serviços ou realizar movimentações financeiras na plataforma digital, o torcedor terá diversos benefícios e, também, irá gerar vantagens econômicas para o Atlético.

Já neste primeiro momento, estão disponíveis produtos e serviços ligados à saúde, transporte, seguros, sistema financeiro e consórcio.

Ao comprar a GaloCoin, o torcedor também poderá ter acesso a um cartão de débito pré-pago, vinculado à bandeira Mastercard.

Sem flutuação cambial, a GaloCoin tem a cotação de um para um em relação ao Real e pode ser adquirida pelo site www.galocoin.club.

A Fintech FOOTCOIN.club é parceira do Atlético nesse projeto, que pretende unir a comunidade esportiva, pessoas, clube e parceiros comerciais, dentro de um mesmo ecossistema. 

Como comprar a GaloCoin?


Basta acessar o site www.galocoin.club e seguir as orientações. A plataforma não permite flutuação cambial da moeda, ou seja, um GaloCoin equivale a um Real. 

Como funciona?


A FOOTCOIN.club é uma plataforma que usa a tecnologia blockchain de Exchange de moedas digitais e se integra às plataformas tradicionais de e-commerce por meio de token “utility”, ou seja, para troca de produtos e serviços. 

Além da aquisição de produtos e serviços, a plataforma permite outros tipos de transação?

A plataforma é bastante versátil e existem muitas possibilidades que ela poderá ativar, como produtos financeiros, seguros, produtos digitais e games, entre outras. 

Como é a remuneração da plataforma e de seus parceiros?


Semanalmente ou diariamente, conforme o produto, a FOOTCOIN.club realiza a liquidação das moedas pagas aos parceiros, mediante resgate. Os descontos dos produtos no marketplace são partilhados entre o clube, o torcedor e os custos da plataforma.

O uso da moeda via blockchain gera a segurança de que os valores transacionados sejam rastreados e destinados adequadamente, gerando um ciclo virtuoso na relação entre clube e torcedor. 

A plataforma é segura?


A tecnologia Ethereum (Smart Contract), conectada ao Marketplace e aos meios de pagamento, foi desenvolvida e validada mediante testes de segurança em países com tradição tecnológica e estruturação jurídica, como Israel, Inglaterra e Estados Unidos.

A FOOTCOIN.club levou mais de dois anos para ser desenvolvida. Nesse período, consolidou conhecimentos sobre gestão de fundos de investimento, tecnologia de seguros, bancos e Exchange, as necessidades do mercado e os meios de pagamentos adequados para atender o mundo dos esportes.

Uma equipe de advogados participou do desenvolvimento para que fosse possível alinhar as regulamentações legais do setor de criptografia, seus impactos nas negociações comerciais e na legislação esportiva.
 

Comentários

Publicidade

Mais vistas da semana

BC cria grupo de estudo sobre emissão de moeda digital

Blockchain, muito além do bitcoin

Bitcoin será superado por Ethereum segundo Roger Ver

Especialistas defendem uso da tecnologia BlockChain para reduzir fraudes com dinheiro público

Maduro afirma que pré-venda de criptomoeda "petro" alcançou US$ 735 milhões